INFORMÓFILOS - SEJAM BEM VINDOS AO MEU HUMILDE MAS PRETENCIOSO BLOG

A todos os amantes da tecnologia assim como eu, este Blog foi elaborado para que todos possam expressar junto a mim a paixão incondicional para com os brinquedinhos tecnológicos que a todo minuto é lançado no mercado e nós .... pobres mortais... rsrs não conseguimos adquiri los então ao menos vamos nos contentar por enquanto apenas trocando informações sobre eles e por que não criticando e denunciando os produtos que prometem e não cumprem...... Pessoal, amigos(as), visitantes e adeptos.... Vamos nos juntar e botar a boca no trombone......

Sejam todos bem vindos
Abraços
Tatto

CONTADOR DE CARACTERES

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011

BLOGAGEM PSICO-POETICAMENTE CONSCIÊNTE

Amigos blogueiros que dispensam comentários.... Apenas leiam.

Amiga Blogueira Regina Rozenbaum do blog
( to fora to dentro ) Clique aqui e conheça essa fera...

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

COMPUTADORES E NOSSAS INFORMAÇÕES

Ai que mêda!!!! Nunca fui uma expertise e nem desenvolvi amores por toda essa modernidade tecnológica existente à minha disposição. Continuo a passos tímidos me informando daqui, conhecendo pessoas dali, reencontrando outros acolá, e me espantando com a velocidade das informações que sou obrigada(por quem?)a engolir. Já teve tempo que me envergonhava em ser uma BIOS e desejei que minha evolução se desse tão rapidamente quanto todas as novidades que me invadiam a cada segundo. Em primeiro de janeiro de 2009, quando comecei o blog, escrevi:

Hoje as crianças nascem com chip. Antes mesmo de aprenderem a falar, monitoram com desenvoltura os controles-remotos disponíveis em casa. Brincam sem a menor dificuldade com os joguinhos do celular da mamãe e brigam pelo seu espaço no computador.  
Não vou dizer como era bom brincar na rua, com os vizinhos/amigos, de pique-esconde, de cabra-cega, carrinho de rolimã, roda, pára-bola, seu mestre mandou, estátua, pêra, uva ou maçã e tantas outras.
Não vou dizer que resisti, muito, a essa invenção de nome computador, que computa a minha incompetência, mas que é, sem dúvida, a vigésima maravilha moderna.
Vou dizer que assumidamente sou uma “BIOS”. Fui batizada assim pelos azes da computação. No começo acreditei se tratar de vida e orgulhosa até fiquei! Mas, como diz o ditado, tudo que é bom dura pouco, veio a tradução da sigla: Bichinho Ignorante Operando Sistema! 
Realmente comecei minhas aulas de computação por obrigação. Prá não ficar prá trás... porque facilitaria minha vida profissional... por encontrar tudo apenas com um enter... prá comprar, vender, alugar sem sair de casa, prá falar com alguém do outro lado do mundo, prá encontrar e ser encontrada, prá estar por dentro! Nunca vou esquecer do treino com o mouse e o professor dizendo: “você consegue, fique calma, tem nome de rato, mas não morde!" Quase marquei umas consultas com uma amiga psicomotricista, pois achava que nunca iria dominar aquela setinha. Clicava e abria algo que não queria. De vez em quando, para meu pavor, ela desaparecia do monitor e era o pique-esconde mais sem graça que já brinquei. E quando o que estava escrevendo sumia misteriosamente? “Você se esqueceu de salvar”, dizia o professor. Ah... Tenho que salvar!!! Ninguém pediu socorro, ora essa! E os alertas que, subitamente, apareciam na tela, me fizeram acreditar que a polícia estava vindo atrás de mim: “você executou uma operação ilegal”! Eu ilegal?!?! Tinha que escrever, passo a passo, tudo que o P.E.U.S explicava e lá  iam hora$ e hora$ de aula$ de informática. E para lustrar minha auto-estima, quando não estava conseguindo executar algo, chamava meu filho e vinha o “pirra” (na época com uns sete anos), sem capa de super-homem me salvar,  num misto de satisfação e decepção  - com a mãe - estampados em seu rostinho.
Vou dizer que minha praia é o Word e as aulas de excel, power point e outros programas, simplesmente ficaram nas anotações do caderno. 
Imagem retirada do facebook
Por pura necessidade e saudade, quando o não mais “pirra” foi fazer um intercâmbio do outro lado do mundo, aprendi a ter e-mail e manuseá-lo. Com isso, fiquei conectada com amigos, mas sempre digo a todos: computador não é meu objeto de trabalho, não o ligo, às vezes, por vários dias. Por isso, não me convidem por e-mail, não se queixem, não se declarem, porque não abro mão da minha leitura, de um happy hour, de um cinema, de um cara a cara e outras tantas coisas, por computador nenhum! Outro dia recebi, por e-mail, uma edição eletrônica de um livro. Foi prá lixeira. 
Viciados não morrem...Eles ficam offline


Sou uma BIOS, sim, e não me envergonho. E a vocês, agora por mim batizados de P.E.U.S = Primata Evoluído Usando o Sistema, que acreditam ser descendentes diretos de Zeus (vide pequena informação a respeito), só posso dizer muito obrigada por toda a ajuda que venho recebendo, para quem sabe um dia se tornar uma P.E.U.S!(01/01/2009)


Hoje "ando devagar porque já tive pressa". Muita coisa mudou nesses dois anos. Aprendi alguns recursos a mais pra blogar, abro meu email diariamente(quase)e tento (sem gostar muiiito) me socializar em outras redes. Tenho ainda montes de dificuldades que - muitas vezes - são solucionadas  por meio de amigos, amados meus, através dessa telinha. E isso évirtualmente fantástico.  Mas, outras continuam as mesmas: não me convidem por e-mail, não se queixem, não se declarem, porque não abro mão da minha leitura, de um happy hour, de um cinema, de um cara a cara e outras tantas coisas, por computador nenhum!
Ando assustada, amados, com essa falta de uma certaprivacidade, da carência de aproximação pelos nossos órgãos de sentidos, desse strip-tease vulgar que coloca à prova a dignidade mínima de ser. Não creio que haverá um retrocesso. Se somos pesquisados aqui para obtermos a vaga de um emprego disputado, entre tantas outras aberrações que vem acontecendo, imaginem se trocariam pelas formas antigas de seleção! E nem precisa investir seu tempo citando as facilitações que esses meios nos proporcionaram, Eu bem sei e agradeço sempre. Mas, sigo sem vergonha alguma, reunindo com amigos, lendo livros de papel, fazendo as compras necessárias pelas ruas da cidade, e me impregnando - por meio dos meus sentidos - dessa arte que é viver na real! Donde concluo que serei uma BIOS eternamente. Peça rara de um museu evolutivo tecnológico.(RR)

*************************************************************************

Amigo Rodolfo Barcellos do blog

( sete ramos de oliveira )Clique aqui e conheça o Bruxo

777 da Net


Clique aqui para acessar a postagem da Sandra
     A Sandra, a prenda bem humorada da Janela do Garden Place, queixou-se de que "nunca seria uma musa". Pois fica sabendo, guria, que tu és, sim, uma musa. Não leste os versos que para ti fiz em 30 de outubro último, em comentário às peripécias diuturnas das redes sociais que nos trouxeste? Pois veja - vejam todos - como uma musa que coloca o bom humor acima das vicissitudes da vida pode fazer germinar um 777, nas vozes dos inseparáveisVelho Mano e Mano Velho:


O FUTURO DA INTERNET - DESAFIO 777 
Velho Mano:
Mano Véio, meu amigo
Me dá tua opinião
Acho que a Nete é um perigo
Tem vírus, bugue e ladrão;
Tem gente que acha jóia,
Té que um Cavalo de Tróia
Invada seu pecezão...
Mano Velho:
Véio Mano, eu concordo,
Internete é atoleiro;
Mas se eu bem me recordo
Tu és um bom tuiteiro.
Tu também tás dando mole
E se um vírus te escapole
Contamina o mundo inteiro.
Velho Mano:
Óia só o cara roto
Falando do esfarrapado!
És orcuteiro, garoto,
Tu também és viciado.
Eu inté arrisco um chute:
Um dia terás, no orcute,
Teu hardisque deletado.
Mano Velho:
Deixa então que eu retruque:
Navegando outro dia
Vi você no Feicebuque
Num xate com sá Maria.
Ela é outra viciada
Deve tá contaminada
Dessa rede de boemia...
Velho Mano:
Pois falando em sá Maria
Dá licença que interrogue,
Porque ela desconfia
Que você já tem um blogue;
Isso sim é um pulgueiro
E de janeiro a janeiro
Não há blogueiro que folgue.
Mano Velho:
Que será que a Maicrosofe
Vai nos empurrar agora?
Esse Bilguêite é um bofe,
Diz que já está na hora:
Se botar perfume e tato,
E sabor nesse barato,
Ninguém vai ficar de fora.
Ambos:
Se só com som e image
Já basta pra viciar,
Magina tu na postage
Cheiro, tato, paladar!
Vai ter tanta sacanage,
Hômi vai fazer bobage,
Muié vai engravidar...

     É, musas minhas... imaginem a Internet divulgando o aroma de seu perfume favorito, o sabor de seu doce caseiro, o toque suave de seus doces lábios. E imaginem também os antivírus oferecendo versões atualizadas que incluam camisinhas virtuais ou "pílulas do dia seguinte"... sem falar nas clínicas piratas prometendo abortos internéticos garantidos, ou vasectomias reversíveis (com back-up...).
Roubei os textos com a maior cara-de-páu pois achei simplesmente maravilhoso.
Obrigado amigos
O crédito é todo de vocês... Sou fã de carteirinha

Abraços
Tatto T.I.